O excelente livro sobre os bastidores da trilogia De Volta Para o Futuro

bttf1MODp

A trilogia De Volta Para o Futuro é uma das sagas mais marcantes da história do cinema. As aventuras de Marty McFfly e Doc Brown pelo tempo são conhecidas por gerações de espectadores. Por outro lado, o que muita gente não conhece são os bastidores, o que acontecia por trás das câmeras enquanto a trilogia era filmada (e até mesmo antes de as câmeras começarem a rodar). É aí que entra a editora DarkSide Books e seu livro De Volta Para o Futuro: Os Bastidores da Trilogia, lançado no ano passado para comemorar o trigésimo aniversário do primeiro filme da série.

O livro chama atenção logo de cara pela apresentação. A DarkSide caprichou, lançando o material em capa dura com a ilustração um estiloso DeLorean prestes a viajar no tempo. E olha, julgar o livro pela capa faz completo sentido. O tratamento luxuoso dado pela editora dá a obra um valor agregado que vai além do informativo, tornando-a um belo (e acessível) item de colecionador que fica bonito em qualquer prateleira. A capa dura, além de agradável esteticamente, também confere maior durabilidade ao produto. Li o livro quase inteiramente em viagens de ônibus e fiquei feliz ao perceber que, ao final da leitura, ele continuava como novo.

Mas é claro que, se dependesse apenas da apresentação, o livro não valeria a pena. Escrito por Caseen Gaines, a obra deixa transparecer muito claramente o “fanatismo esclarecido” do seu autor – a obsessão de Gaines pela trilogia é aparente, mas isso jamais interfere de maneira negativa no trabalho de apuração do jornalista. Aliás, devo elogiar aqui a honestidade dele por, logo no início do livro, contar do seu nervosismo minutos antes de entrevistar Robert Zemeckis, diretor dos filmes. Essa atitude não só revela um pouco mais sobre o nome por trás do livro, como também ajuda a criar uma identificação maior entre leitor e escritor.

bttf3MODp

Os Bastidores da Trilogia é riquíssimo em conteúdo. Gaines vai atrás de algumas histórias lendárias sobre a produção do filme, e, como todo bom jornalista, descobre e entrega para o leitor o que de fato confere com a verdade. Um bom exemplo é a famosa anedota do produtor que queria mudar o nome do filme para Spaceman from Pluto, que consta até na Wikipédia. De acordo com o livro, porém, isso nunca aconteceu. Outro detalhe um tanto sombrio de bastidores é a relação de Jeffrey Weissman com o resto do elenco da Parte II. O ator, que veio para substituir Crispin Glover no papel de George McFly, não era tratado como igual pelos outros intérpretes e ainda teve a carreira prejudicada por, sem querer, ter motivado Glover a mover um processo contra a Universal. A profundidade com que Gaines aborda assuntos como esses acaba compensando por algumas ausências  – não há declarações de Michael J. Fox nem de Thomas F. Wilson, para ficar nos mais notáveis.

bttf2MODp

Apesar de dedicado para fãs, acredito que o alcance do livro vai muito além. Ele oferece insights muito bons sobre a indústria cinematográfica estadunidense, e chega a ser recompensador acompanhar a trajetória de Zemeckis e Bob Gale, que passaram de uma dupla de amigos de faculdade para dois dos maiores nomes da indústria do entretenimento mundial. Estudante de cinema ou curiosos pelo assunto também vão encontrar no livro uma leitura muito rica e cheia de informações valiosas.

Você pode acompanhar o Mente Sem Fio no Facebook e também trocar ideia comigo pelo Twitter.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s