Esquadrão Suicida | O bom, o ruim e o péssimo

esquadraosuicida1

Os primeiros minutos de um filme podem revelar muito sobre o mesmo. E é o que acontece com Esquadrão Suicida, mais nova adaptação de quadrinhos a ganhar as telas do cinema. Logo no início somos apresentados aos personagens Pistoleiro (Will Smith) e Arlequina (Margot Robbie) apenas para, algumas cenas depois, vermos outra apresentação deles, dessa vez acompanhados dos outros membros que compõem a equipe do título. Essa bagunça inicial permeia várias outras sequências da produção, que de maneira geral sofre na busca por um rumo congruente.

Escrito e dirigido por David Ayer, Esquadrão Suicida apresenta um grupo de vilões que, presos, são convocados para um programa secreto do governo americano com o objetivo de enfrentar ameaças sobre-humanas. O roteiro é prejudicado logo de cara pelo grande número de personagens – alguns dos quais nem chegam a justificar sua presença ali, como acontece com Katana (Karen Fukuhara). Fica claro que Ayer teve dificuldade em colocar tanta gente numa história só e ainda criar algo coerente. O enredo, que começa razoavelmente bem, vai piorando à medida que o filme avança, tendo apenas alguns poucos elementos que realmente se salvam.

esquadraosuicida3

Pistoleiro, Arlequina e Coringa (Jared Leto) são os personagens de maior destaque do longa. Smith, inclusive, consegue dar uma ênfase dramática interessante ao filme, fazendo o tipo “cara malvado de bom coração”. Já Robbie confia no overacting para fazer sua Arlequina funcionar, e consegue. A atriz mergulha na vilã, incorporando muito bem seus principais trejeitos. Por outro lado, o Coringa de Leto é uma faca de dois gumes. Dá para notar que o ator se esforça para oferecer uma interpretação digna da fama do personagem, mas muito pouco desse esforço chega a aparecer na tela. O eterno Palhaço do Crime tem a maioria de suas aparições relegadas a flashbacks — o que atrapalha o ritmo já problemático de um filme cheio de irregularidades.

E mesmo esses personagens de destaque sofrem nas mãos de Ayer, tanto no roteiro quanto na direção. O Pistoleiro é estabelecido como um exímio atirador, então é criada uma expectativa de vê-lo em ação desde o primeiro ato do filme. Então, quando o momento finalmente chega, vemos apenas Smith parado de pé em cima de um carro, atirando para baixo em vários inimigos genéricos, intercalando com as reações surpresas de soldados americanos pela pontaria certeira do sujeito. Esse, que deveria ser um momento empolgante, acaba revelando a ausência de bons momentos de ação no longa.

esquadraosuicida4

Se por um lado o filme merece reconhecimento por dar merecido destaque à Arlequina — afinal, ainda é raro ver mulheres protagonizando blockbusters —, por outro é triste perceber a má concepção de suas companheiras femininas. A mandachuva Amanda Waller (Viola Davis) sofre com a direção precária, dependendo quase que exclusivamente de Davis para transparecer o tom ameaçador que deveria ser sugerido também pela câmera de Ayer. Situação ainda pior acontece com Magia (Cara Delevingne), cuja intérprete falha em todos os aspectos da personagem. Delevingne, que já provou saber atuar bem em papéis anteriores, aqui apenas segue em modo automático, sem jamais soar convincente ao espectador.

Há elementos realmente bons em Esquadrão Suicida. Entre eles, posso destacar a ótima trilha sonora, o uso eficiente de maquiagem e algumas tiradas humorísticas bem boladas. Mas, no fim das contas, essas qualidades pontuais não são o bastante para salvar um filme que possui possui problemas em tantos níveis.

Você pode acompanhar o Mente Sem Fio no Facebook e trocar uma ideia comigo no Twitter. Também escrevi sobre Batman vs Superman: A Origem da Justiça.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s