5 coisas que ninguém te conta sobre passar as férias nos parques de Orlando

orlando

Quem já presenciou uma conversa sobre férias em Orlando sem de fato nunca ter ido até a cidade deve imaginar que o lugar é o mais próximo do Paraíso que a Terra tem a oferecer. Sei bem como é isso: ano após ano acompanhei histórias de amigos contando com brilhos nos olhos sobre quando “foram para a Disney”.

Pois bem. Esse ano foi a minha vez e eu finalmente pude conferir de perto tudo aquilo que antes eu só conhecia através de outras pessoas e da internet. E olha, é uma viagem que vale muito a pena – mas o post não é sobre isso! O mundo já tem informação demais sobre os pontos positivos de passar férias em Orlando.

Os parques, os brinquedos, as comidas, os preços baixos… Isso todo mundo já sabe! Tenha isso em mente: sempre que duas pessoas conversam sobre Orlando, há um pacto mútuo estabelecido pela troca de olhares no qual certos tópicos não devem ser tratados em público, nunca. Mas seguindo a linha deste blog sem fio e sem amarras, vamos listar agora cinco coisas que ninguém te conta sobre passar férias em Orlando. Todo mundo fala sobre os parques legais, certo? Por outro lado, é raro você ouvir alguém comentar sobre…

1. As filas intermináveis

Lines1

Você gosta de filas? É óbvio que não. A fila é uma situação maldita na qual a pessoa vai até um local com um objetivo, mas não pode fazer absolutamente nada para alcançá-lo além de esperar a vez. Se tem uma coisa que as sete bilhões de pessoas vivas atualmente têm em comum, é o fato de que nenhuma delas gosta de pegar filas.

O Walt Disney World poderia mudar de nome para Walt Disney Filas, por exemplo – sem precisar fazer nenhuma mudança interna. Os parques até disponibilizam aplicativos que trazem o tempo de espera na fila de cada atração para que você saiba que a fila tá é gigante mesmo e vale mais a pena ir na lojinha do lado pagar 16 dólares num playset de Star Wars. O negócio é tão sério que desde o começo as atrações são projetadas com pequenas distrações para que as pessoas na fila não comecem a repensar suas decisões de vida. O que nos leva a outro ponto…

2. Atrações rápidas demais

Não exatamente assim, mas dá pra entender

Não exatamente assim, mas dá pra entender

Você lembra quando os lugares nas salas de cinema ainda não eram marcados? Se você não tem menos de 10 anos, é claro que lembra. Era comum ver filas enormes só para entrar na sala e as pessoas costumavam chegar muito cedo para pegar bons lugares. E a espera valia a pena – não importa quanto tempo se passasse na fila, a recompensa seria de pelo menos uma hora e meia de lazer assistindo ao filme. Mas isso não acontece nos parques de Orlando. Depois de filas que podem tranquilamente ultrapassar uma hora de espera, se contente com atrações que duram cerca de míseros dois minutos.

Peter chorando

Eu entendo que essa é uma situação impossível de se contornar – se o tempo das atrações aumentar, as filas vão crescer ainda mais – mas não deixa de ser algo bem chato. Bom, pelo menos os parques colocam pequenas distrações ao longo das filas para tornar a espera menos insuportável. Um exemplo legal é a antessala do simulador do Homem-Aranha, que reproduz a redação do jornal Clarim Diário com muitos detalhes.

3. Oh, o calor

olaf derretendo

Certo dia estava tão, mas tão quente que fui numa atração só por causa do ar condicionado. Era para tirar fotos com duas princesas, algo que realmente não me atraía muito (e também não justificava a fila de 50 minutos). Mas tinha ar condicionado né, fazer o quê.

Walt_Disney_Worlds_Magic_Kingdom-b4ea99e3136342278d9496d0c40f9545

A outra opção era dar um mergulho

Não é comum receber dicas em relação ao clima de lugares quentes, como é o caso de Orlando no verão. Afinal nós, brasileiros, já estamos bastante acostumados a isso. O que eu não sabia era que seria castigado pela versão “gêmeo malvado” do sol brasileiro.

4. Os impostos não inclusos

impostos

O ato de comprar é simples. Você pega o produto que quer, observa o preço e depois paga o valor correspondente ao caixa, certo? Certo… a menos que você esteja na terra do Obama, onde você vai precisar desembolsar uns dólares a mais para pagar os malditos impostos não inclusos.

Eu até entendo que a ideia é boa – faz as pessoas verem a quantia exata que estão pagando para o governo e coisa e tal. Mas imagina isso quem passou a vida inteira tendo a inocente ideia de que era preciso só pagar o valor da etiqueta? Nesse caso bem que os Estados Unidos poderiam pegar o exemplo do Brasil.

A solução que encontrei foi sempre dar pelo menos cinco dólares a mais para ficar evitando colocar a mão no bolso de novo pra tirar mais dinheiro. Ideia essa que no fim das contas se revelou bem menos eficaz que o esperado, pois…

5. Você vai voltar com muitas, muitas moedas

muitas moedas

É absurdo. A cada dia de viagem eu sentia meu bolso cada vez mais cheio de moedas, e o valor delas era tão pequeno que não valia a pena ficar contando e catando até que conseguisse juntar uma quantia razoável para comprar alguma coisa. A primeira ideia que tive foi usá-las nas máquinas de refrigerante, mas nem elas pareciam querer minhas moedas de um centavo.

Essas moedas de valores muito pequenos são ótimas para comerciantes, mas não para consumidores. Quem tem paciência para ficar juntando um monte de moedas pequenas por ai? Eu mesmo não, então acabei usando as que pude nessas máquinas do vídeo acima.

E você, tem mais alguma sugestão que ficou fora do post? Fique à vontade para trocar ideias na seção de comentários!

Já conhece o Facebook do Mente Sem Fio? Tem posts exclusivos toda semana, curte lá!

Anúncios

2 ideias sobre “5 coisas que ninguém te conta sobre passar as férias nos parques de Orlando

  1. Pingback: 6 coisas incríveis (e um pouco loucas) feitas por fãs de Harry Potter | Mente Sem Fio

  2. Pingback: Procurando Dory | Sequência faz jus ao original | Mente Sem Fio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s