Guardiões da Galáxia | Quando uma aposta dá muito, muito certo

guardiões poster

Engraçado como as coisas mudam. Quando o primeiro Homem de Ferro estreou em 2008, qualquer pessoa com o mínimo de interesse pelo mundo do entretenimento ficava ansioso por mais detalhes sobre o Universo Cinematográfico Marvel que ali começava. Hoje a situação é bem outra. Os personagens da editora dominaram a cultura pop de tal maneira que toda semana saem notícias sobre novos filmes ou o andamento de determinados projetos. Como variar de vez em quando é bom, a aposta do estúdio em Guardiões da Galáxia traz um ar de frescor, oferecendo personagens e mundos novos para o encantamento do público.

O filme conta a história de Peter Quill (Chris Pratt), um ser humano que vive como um caçador de recompensas que viaja pelo espaço a bordo da nave Milano – qualquer semelhança com Han Solo e sua Millenium Falcon pode ou não ser mera coincidência. Devido a algumas decisões erradas, ele acaba sendo alvo dos também caçadores Rocket (voz de Bradley Cooper) e Groot (voz de Vin Diesel). Quem também procura o terráqueo é Gamora (Zoe Saldana), que está em busca de um Orbe para conseguir vingança. E fechando o quinteto, tem também Drax, o Destruidor (Dave Bautista).

guardioes

Por se tratar de um filme de origem, o quinteto ainda não forma, de fato, um grupo de guardiões – pelo menos a princípio. As diferenças entre eles são evidenciadas pelas características bastante próprias de cada personagem. Quill é o único humano do grupo, e sente nostalgia quando escuta músicas que sua mãe gostava; Rocket é um guaxinim falante e explosivo que (quase) sempre tem um plano para tudo; Groot é uma enorme árvore com braços e pernas que só sabe falar “eu sou Groot”; Gamora é uma assassina ágil e verde; e Drax é um alien corpulento e incapaz de entender qualquer coisa que não esteja em sentido literal. Acho que dá pra notar o tipo de confusão que um grupo desses pode causar, não?

E pode apostar que as confusões ao longo do filme são várias! O que não existe aqui é confusão de roteiro. Como detalhei no parágrafo acima, os personagens principais têm características bastante próprias e e por vezes conflitantes, o que a uma série de sequências cômicas e de ação envolvendo todos eles. Aliás, esse é o grande trunfo do roteiro criado por Nicole Perlman e reescrito pelo diretor James Gunn: não se levar a sério. Quase toda cena traz pelo menos um elemento de comédia, como as reações exageradas de Rocket e a compreensão sempre literal de Drax. E para acentuar o clima de descontração, a trilha sonora do filme é toda recheada de músicas das décadas de 70 e 80.

guardians-of-the-galaxy-Rocket

Sendo Guardiões da Galáxia um filme repleto de situações e personagens absurdos, é compreensível que o filme tenha seguido por essa linha. Caso a abordagem fosse excessivamente séria, poderíamos nos deparar com mais um Piratas do Caribe: No Fim do Mundo nas telas – e ninguém quer algo assim, certo? Dito isso, também é preciso destacar que o roteiro não está livre de erros, e o maior deles é o didatismo. Chega impressionar negativamente a maneira como Drax é introduzido ao público: um personagem sem importânia na trama faz perguntas a ele até que saibamos o suficiente para que ele se junte à equipe protagonista. A praga do didatismo também se faz presente toda vez que uma localidade nova é apresentada, já que sempre há um personagem pronto para ensinar ao público do que se trata o lugar.

O resultado final é um filme acima da média, onde a Marvel traz ao mundo personagens capazes até mesmo de fazer a alguns Vingadores em questão de personalidade – uma pena que o longa peca por não trazer um vilão que faça frente a tantos personagens carismáticos. Ainda assim, podemos dizer que a aposta mais arriscada da Marvel desde o primeiro Homem de Ferro se provou muito, muito acertada. Guardiões da Galáxia junta ideias que já funcionavam e outras novas para expandir o universo Marvel de maneira memorável. Posso afirmar sem medo que esse é um dos melhores filmes que a Marvel Studios fez até agora.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s