Logan | Ainda há tempo

loganposter

É bastante claro perceber como, atualmente, a grande maioria dos filmes de super-herói  dedica mais tempo a servir de trampolim para futuras produções do que em ser, de fato, um bom filme. O que é uma pena, na verdade, pois os quadrinhos são uma mídia recheada de bons personagens apenas esperando uma oportunidade de pular para a tela grande. Wolverine (Hugh Jackman) é um dos que estão nesse caminho há mais tempo, tendo sua versão em carne-e-osso inaugurada no Cinema com X-Men: O Filme. Agora, mais de uma década e meia depois, é chegada a hora de Jackman dar adeus ao personagem. E a despedida, apesar de alguns problemas, é o melhor tratamento cinematográfico que o mutante já teve.

Continuar lendo

Redemoinho | O universo de um microcosmo

redemoinhofilme

É comum, quando se viaja Brasil adentro, passar rapidamente por pequenas comunidades. Cada uma delas tem suas próprias histórias, suas próprias tristezas, mas, para quem segue passagem, esses lugares não passam de simples borrões. Ficam para trás, esquecidos tão rapidamente que o cérebro nem se incomoda de registrar na memória. Redemoinho se passa numa comunidade como essa.

Continuar lendo

Uns dias em Jericoacoara

img_20170116_190109

Jericoacoara é um lugar que ficou mais famoso do que já era após ter sido eleito como o melhor destino turístico da América do Sul pelos usuários do TripAdvisor. Mês passado, eu fui até lá aproveitar as férias, curioso para saber se o que tanto falavam na internet faria jus à realidade. Todas as fotos deste post são de minha autoria. Este é o meu relato.

Continuar lendo

Rogue One: Uma História Star Wars | A Força está na ambientação

rogue-one-cartaz

Os filmes da franquia Star Wars se passam em diferentes sistemas solares, planetas, luas, cidades e épocas, explorando o rico universo criado por George Lucas. O que os melhores deles têm em comum é o ritmo da narrativa, sempre empolgante, equilibrando bem a ação e o desenvolvimento de personagens. Rogue One: Uma História Star Wars acerta ao renovar nosso interesse pela galáxia de Lucas, mas falha por não apresentar personagens tão interessantes quanto os cenários que os rodeiam.

Continuar lendo

Os 15 anos de “O Senhor dos Anéis” no Cinema | O que fez a trilogia ser tão boa?

lotr1

Esse final de ano marca o décimo quinto aniversário da estreia de O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel. A enorme história, escrita por J.R.R. Tolkien em três volumes, era considerada por muitos como “infilmável” devido ao grande escopo do enredo e aos detalhes minuciosos que permeiam os livros. Mas o diretor neozelandês Peter Jackson não se deixou intimidar e entregou uma das melhores trilogias que o Cinema já viu.

Continuar lendo

Animais Fantásticos e Onde Habitam | Os altos e baixos do retorno ao mundo de J.K. Rowling

animaisfantasticosposter

Animais Fantásticos e Onde Habitam começa com uma rápida e sombria introdução do vilão Gellert Grindelwald, seguida de várias manchetes de jornais afirmando a ameaça que o bruxo representa para o mundo. Qual não foi a minha surpresa quando, momentos depois, Newt Scamander (Eddie Redmayne) surgiu contagiando a tela com seus trejeitos ingênuos e esperançosos. Essa dualidade (entre o sombrio e o leve) é bastante marcante e pesa contra a qualidade geral do filme.

Continuar lendo

Os curtas de Stanley Kubrick

stanley-kubrick

Stanley Kubrick é mais conhecido por ter dirigido filmes grandiosos como 2001: Uma Odisseia no Espaço, O Iluminado e Laranja Mecânica. Esses, assim como a maioria dos seus longas, são projetos de ficção que trazem personagens complexos, belos enquadramentos e altos valores de produção. Mas nem sempre foi assim. Ainda na década de 1950, Kubrick resolveu começar a carreira como cineasta fazendo documentários de curta-metragem.

A vontade de fazer filmes surgiu em Kubrick na época em que ele trabalhava como fotógrafo para a revista Look. Foi com esses curtas que ele começou seu caminho para se tornar um dos maiores cineastas de que se tem notícia.

Continuar lendo